A primeira vez que dei o cu - Vila nova de gaia

ID: 576 | Visitas: 2426


Detalhes

Olá

Começo por me apresentar chamo-me António Tavares tenho 49 anos sou do Porto , casado , 3 filhos , ultimamente tenho tido algum interesse pelo tema da homosessualidade , tenho visitado varios sites relacionados com o tema e frequentado alguns chats , num desses chats conheci uma pessoa queapós algumas conversas descobrimos ser já velhos conhecidos .

Como seria de esperar combinamos um encontro para falar ao vivo sobre o assunto , assim aconteceu , um dia de tarde fui ter ao escritório dele , após alguns minutos de conversa ele ligou á secretária a dizer que não queria ser incomodado , fechou a porta á chave e fez-me a proposta de nos tocarmos , assim foi , começamos a apalpar-nos , já com as piças de fora tocamos uma um ao outro , estavamos os dois bem excitados , mamamos e a certa altura ele pergunta-me se eu queria ser enrabado , digo-lhe que nunca tinha sido mas que tinha vontade de ser , ele confessa que tambem nunca tinha sido e que tambem queria , combinamos então que iriamos experimentar nesse dia ao fim da tarde depois do pessoal ir embora , liguei á minha mulher a dizer que não ía jantar porque estava com um cliente e que jantava com ele , eram ainda 16h , digo-lhe que ía dar uma volta e que por volta das 18 voltava.


Ás 17h55 voltei , mal entrei no gabinete ele diz-me que estava cheio de tesão , digo-lhe que tambem eu , diz-me para esperar uns 10m que o pessoal estava a sair , a secretária dele vem perguntar se ele precisava de mais alguma coisa , ele diz-lhe para quando sair fechar a porta , ela sai , ele levanta-se e vem ter comigo , começa a acariciar-me nos ombros , mete as mãos por dentro da camisa e acaricia o peito , sinto a piça dele dura contra o meu braço , desaperta-me a camisa , apalpo-lhe a piça , diz-me para a por de fora , assim faço , agarro-lha e massajo-a , dou-lhe umas lambidelas na cabeça , pede-me para o mamar , mamo-o , enquanto o mamo apalpo-lhe os tomates , dá uns gemidos , diz-me que me quer mamar tambem , levanto-me e ponho a piça de fora , ele senta-se na cadeira e mama-me , acaricia-me os tomates tambem , pára de mamar e diz-me ( quero que me comas o cu , quero esta piça enterrada no cu ) tira as calças e eu tambem , volta a mamar-me , enquanto me mamava apalpei-lhe o cu , passo o dedo no olho , esfrego-lho , ele diz ( isso é bom , esfrega , ui que bom ) pára de mamar , levanta-se afasta as coisas de cima da secretária , dobra-se sobre ela abre as nadegas e diz ( anda come-me , fode-me o cu com essa piça dura ) ponho-me atrá dele e encosto a piça ao cu , faço força , ele faz força com o cu contra a piça , custa a entrar , digo-lhe que se calhar era melhor pôr qualquer coisa , ele diz que não tinha , ponho cuspe na piça e no cu , volto a forçar , custava muito a entrar , digo-lhe que era melhor arranjar um lubrificante , ele fica desiludido , diz ( foda-se , onde vamos arranjar isso ) digo-lhe que se calhar a secretária dele tinha algum creme ou coisa parecida , , vamos á secretária dela , nada , ele olha para o relógio e diz ( vamos á farmácia ) vestimo-nos e fomos .

Quando lá chegamos estava fechada , vimos as de serviço , ele lembra-se de uma casa de artigos eróticos ali perto que só fechava ás 22h , metemo-nos no carro e fomos lá .

Compramos duas bisnagas diferentes , uma só lubrificante e a outra com analgesico , voltamos ao carro , mal arrancou com o carro põe a mão sobre a minha coxa esquerda , massaja-a um pouco e sobe até á piça , apalpa-a , bem depressa fico com ela tesa , como o carro tinha vidros escuros abri a carcela e pus a piça fora das calças , era excitante ver as pessoas na rua e estar ali com a piça de fora a ser massajada , olho para as calças dele e era visivel um bom papo , levo a minha mão para lá e apalpo-lha tambem , paramos num semaforo , ele aproveita e põe a piça fora fora das calças , agarro-lha , um pouco mais á frente havia uma rua nova sem saída , ele mete o carro lá , pára entre umas máquinas mesmo ao fundo , não se via ninguêm , ele desliga o carro , vira-se para mim e diz-me que lhe apetecia mamar-me , baixa-se e começa a mamar-me a piça , para quem nunca o tinha feito até mamava muito bem , pára de mamar , endireita-se , volto a agarrar-lhe a piça , massajo-a um pouco e digo-lhe que tambem a queria mamar , ele deita um pouco o banco dele e eu dobro-me sobre ele , dou umas lambidelas na cabeça da piça e meto-a na boca , mamo-lha , ele fazia festas na minha cabeça , enquanto isso dizia , ui que bom , mama , mamas bem , quero foder-te o cu , ouvimos o barulho de um carro a aproximar-se , endireito-me , ele endireita o banco pôe o carro a trabalhar e saímos dali , continuavamos com as piças de fora , agarro a dele , ele depois de entrarmos na rua principal agarra a minha tambem , fomos até ao escritório dele assim .

Saímos do carro entramos no predio e apanhamos o elevador , durante a subida ele roçou o cu contra a minha piça , saímos do elevador e entramos no escritório , fomos logo para o gabinete dele , nem um minuto demorou a estarmos os dois nus , esfregamos as piças uma na outra , pela primeira vez beijo um homem , fizemos um linguado , vira-me de cu para ele , mete a piça nas nadegas roça-me o cu com ela , era mesmo bom , sentia o cu a latejar , ele pega numa das bisnagas e pôe o gel no meu cu e na piça dele , volta a encostar a piça e começa a forçar a entrada , mesmo com o gel estava dificil , tambem era a primeira vez que entrava alguma coisa ali , dá uma estocada mais forte e sinto a cabeça da piça a entrar , doi , dou um gritinho , ele dá outra estocada e mete mais um pouco , apesar de doer sabia bem , balanço o cu e a piça entra quase toda , empurra-me até á secretária , dobra-me sobre ela , agarra-me na anca e começa a foder-me lentamente , sabia mesmo bem a piça enterrada no meu cu ,ele dava uns gemidos e dizia ( ai que belo cu , vou-to foder todo paneleiro do caralho ) eu respondo-lhe para me foder , pouco a pouco tinha a piça toda enfiada no cu , passaram-se uns 3 ou 4 minutos e ele a gemer diz-me que se ía esporrar , sinto a esporra a invadir-me o cu , era uma sensação optima , ele tira a piça do cu lentamente , quando sai toda a esporra dele escorre-me pelas pernas , apesar de estar dorido e mal conseguir andar estava consolado e com a piça super dura , ele diz-me que queria que lhe fosse ao cu tambem, põe-se dobrado sobre a secretaria , besunto-lhe o cu e a minha piça e começo a meter-lha no cu , ele gritava , demorei uns 3 ou 4 minutos a enfiar-lha toda , fodi-o uns bons 10 minutos , esporrei-me , quando me esporrei saí do cu e fomos tomar um duche .
Depois ficamos no gabinete a tocar na piça um do outro , fizemos umas mamadas e por volta das 22h saímos.
Até agora ainda não repetimos mas quero faze-lo e de preferencia com outro.
Se algum estiver interessado que comunique para --@--

Região:   Vila nova de gaia
Cidade:  Vila nova de gaia


Contacto

Nome de Contacto: rajar47


Responder ao Anúncio

Introduza a sequência visível na caixa abaixo.
Letras maiúsculas de A a Z
e números de 0 a 9.